|  Estilo de Vida   |  Perdoar!

Perdoar!

“Eu falhei, tá falhado!”      “Mas está perdoado?” 

Quantas vezes você já se sentiu culpado(a) por alguma coisa que não deu certo ou que aconteceu de forma diferente do que você esperava?

E, nessas vezes, você SE perdoou? Isso mesmo, perguntei sobre perdoar a si próprio(a).

Assim como amar a si mesmo * é essencial para ter uma vida harmônica, perdoar-se, em primeiro lugar, é o passo inicial para reconciliar consigo e vencer um dos grandes medos das pessoas:tomar consciência das suas fraquezas e de que não somos perfeitos. Então,comece por você, e essa não é uma atitude egoísta. Você é a pessoa mais importante da sua vida, portanto, seja o primeiro a pedir perdão, e para si.

Esse é um gesto de amorosidade, que te ajudará a perdoar os outros. Quando você se propõe a conceder o perdão e o faz de coração, você se liberta do passado, das emoções que causam sintomas de doenças, se desapega de tudo que não faz bem.

Perdoar modifica sua energia para criar uma vida melhor. Você se abre para um novo começo, realiza seu verdadeiro potencial, se REinventa…Tudo flui e esse resultado reverbera por toda a sua família e nos ambientes do seu convívio.

Considerando que o perdão ajuda você a conquistar seus objetivos, não perca tempo, permita-se aprender e pratica-lo.Você utiliza alguma técnica específica, visando facilitar a decisão de perdoar? Compartilhe conosco!

Perdoar é libertador e, como diz o personagem do filme O Vendedor de Sonhos, de Augusto Cury, o maior beneficiado pelo perdão é aquele que perdoa.

“Eu sinto muito, me perdoe, eu te amo e sou grato. ”  <Ho’oponopono>

Um forte abraço,

Venísia Ferreira

Vamos Conversar?!